blog-details
  • 10 Jun 2021

  • Foto: Wellington Basso/Portal Educadora

  • 814

Em evento na tarde de quinta-feira, 10, no estacionamento do Hospital Pró-Vida de Dois Vizinhos, o chefe da Casa Civil, Guto Silva, anunciou a liberação de R$ 2,5 milhões para a construção da nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da casa de saúde duovizinhense. O projeto já está protocolado, será analisado, mas a verba está garantida. “É um processo bem minucioso dentro da Secretaria de Estado e Saúde, mas o Guto Silva já garantiu o dinheiro e a obra, que é de extrema importância, está garantida”, disse o deputado estadual Paulo Litro (PSDB).

O prefeito Carlinhos Turatto (PP) já batizou a UTI com o nome de Marcos Luiz Vivan, que foi presidente do Instituto de Saúde de Dois Vizinhos (ISDV) por sete anos e faleceu vítima do coronavírus. “Nós já perdemos pessoas muito queridas para esse vírus, inclusive o Vivan, que lutou incansavelmente e sonhou com a instalação dessa UTI em Dois Vizinhos então, nada mais justo do que homenagear ele nesse espaço”, disse o prefeito. Ele acrescentou. “Eu quero que o Governo do Estado olhe para Dois Vizinhos como merecemos, somos grandes e precisamos desse investimento”, completou.

O chefe da casa civil destacou o empenho do Governo do Estado para oferecer melhor atendimento de saúde para a população. “Nós mais que dobramos os leitos de atendimento no Sudoeste e ainda é pouco, por isso, podem contar que a gente vai raspar o tacho e vai conseguir dinheiro para essa importante obra no Hospital Pró-Vida”, disse.

Apoio da comunidade

Empresas de Dois Vizinhos auxiliaram na conquista da UTI com a doação de equipamentos. O Lions Clube destinou, nos últimos anos, mais de R$ 700 mil, enquanto a BRF doou uma usina de oxigênio, de aproximadamente R$ 450 mil, enquanto as cooperativas de crédito Cresol, Sicredi e Sicoob também fizeram a doação de equipamentos na faixa de R$ 60 mil para a implantação da unidade.

Projeto

No dia 17 de março, o Secretário de Planejamento, Nilton de Almeida, protocolou junto a 8ª Regional de Saúde a solicitação de ampliação do Hospital Pró-Vida e a instalação de dez leitos de UTI. O espaço será construído no estacionamento e, futuramente, poderá ser ampliado de forma vertical (podendo atingir três andares). Num primeiro projeto, a expansão contemplava os três andares com a UTI ficando no último. Agora, ela vai ser instalada no térreo, com outros leitos e laboratórios ficando para uma possível expansão.

Mais recursos

Guto Silva ainda garantiu que o tomógrafo, que tem um custo de aproximadamente R$ 1,2 milhões será liberado em breve, assim como os recursos para a reforma do telhado do hospital (investimento de R$ 1 milhão) e mais remédios para manutenção dos leitos no município.

 

Fonte: Portal Educadora.  

Últimas Notícias