No próximo sábado, 2, às 19h, o anfiteatro do Centro Universitário Unisep recebe o espetáculo anual do Stúdio Giane Bellé. Na ocasião, as bailarinas Ana Clara Santolin Barbieri (filha de Cristiano e Delkes), Ana Luiza de Abreu Claudino (filha de Ivonei e Marli), Maria Eduarda Bagatini (filha de Venilton e Ivete), Sarah Pretto (filha de Roberto e Edinéia) e Tainara Ferrarezze Machado (filha de Valdecir e Adriana) vão concluir a formação de bailarina, que tem duração de nove anos.

“O que eu sinto é que elas estão bem preparadas para levar ao palco esse trabalho. Estou muito feliz com a escolha dos personagens, foi feito com muito cuidado. Esse trabalho mexe profundamente comigo porque eu já dancei há muitos anos, como cupido na história e lembro como tudo aconteceu. O ballet é uma arte, que deve ser prestigiada por conta de que é algo que vai fazer bem para sua alma. Mexe profundamente. Gostaríamos de convidar toda a população para assistir o espetáculo”, disse Giane Bellé em participação no Programa Sete e Meia.

Além disso, também no sábado, será apresentado o musical Peter Pan e um ato do espetáculo Dom Quixote de La Mancha. “É de arrepiar. O Dom Quixote é clássico, o Peter Pan é mais lúdico, bonito, porque o corpo de dança do Stúdio Giane Bellé contempla todos os alunos, desde os pequenos até as bailarinas que estão se formando, que tem uma técnica muito grande. Não é uma apresentação, é realmente um espetáculo para todo mundo que gosta da dança, que aprecia uma dança de qualidade, uma cultura diferenciada”, explicou Raque Rossetto, responsável pelo marketing.

Emoção a flor da pele...

Maria Eduarda Bagatini, além de se formar bailarina clássica, vai interpretar a Wendy em Peter Pan. Ela falou sobre a ansiedade. “Estou nervosa, é um passo muito importante na minha vida no ballet, vou me formar, estou ansiosa, mas vai ser incrível e espero todos lá para assistir a gente”, destacou. Ana Luiza Claudino ressaltou a intensidade dos treinos. “A gente está se esforçando muito, são ensaios incansáveis, tantas vezes, então, convido a todos para nos prestigiar. Tem muitas bailarinas lindas dançando nos espetáculos, é um momento muito especial para a gente e espero que seja para o público também”, completa. Ana Clara Santolin ressaltou a emoção de estar vivendo esse momento. “Quando olho para o passado e vejo tudo o que nos esforçamos, treinamos, ensaiamos, dá um orgulho em saber que vamos fazer o espetáculo. É de chorar”, completou. Sarah Pretto é de Boa Esperança do Iguaçu e Taianara Ferrarezze Machado de Quedas do Iguaçu, por isso, não participaram do Programa Sete e Meia.

Ingressos

Quem quiser acompanhar os espetáculos podem comprar os ingressos na secretaria do Stúdio Giane Bellé por R$ 25.

Fonte: Portal Educadora

Últimas Notícias